uso de cores na decoração – diminuir e ampliar ambientes

Oi gente,

Quando vamos escolher um papel sempre precisamos prestar atenção na luminosidade do ambiente, no tipo da casa e o estilo de vida das pessoas, e especialmente qual o efeito que queremos dar para o nosso lar: aconchego, calor, alegria, intensidade…

Pensando nisso, hoje vou falar do uso das cores na decoração e como elas podem ampliar e/ou diminuir visualmente os ambientes, pois no final das contas, ao decidir pelo papel de parede e suas cores e texturas, esta escolha nunca vem sozinha. Móveis, ornamentos, cortinas, tapetes formam o conjunto que vai expressa o seu estilo, seja ele lúdico, ousado, moderno, místico, tradicional, entre tantos outros.

Antes de escolher a cor a ser utilizada em um ambiente você precisa analisar qual a função daquele local e também a personalidade das pessoas que vão conviver nesse ambiente. Pense nas atividades que serão realizadas no local. Repare na quantidade de luz natural do ambiente – se o local é escuro ou claro, pois isso já ajuda a entender se o ambiente é mais estimulante ou se é mais calmo e tranquilo. Não deixe de prestar atenção no pé direito da casa, isto é, se teto é alto ou muito baixo; e nunca deixe de pensar se a sua intenção é que de que o ambiente pareça maior ou que pareça menor.

Vamos entender um pouco mais de cada cor:

- Amarelo e Laranja

222718 - Ambiente

Cores que lembrem o sol como amarelo, laranja, resultam em energia, luminosidade, alegria e atenção. Despertam o otimismo, podendo em algumas vezes ser excitante. Transmite sentimentos fortes, de entusiasmo, jovialidade e muita positividade. Na decoração, o amarelo é ideal para quem busca um ambiente alegre e iluminado, que destaca pontos estratégicos da casa.

girotondo_11

- Vermelho e Rosa

249463 - Ambiente

Vermelho é quente, erótico, dinâmico, podendo em alguns casos causar agressividade excitação. Usado como detalhe é uma cor sofisticada. Uma cor forte, que transmite energia, vitalidade, disposição. Bastante provocativa, a cor motiva e inspira. Porém, na decoração deve ser usada com moderação, pois é uma cor muito marcante e pode cansar. Use em objetos, motivos e/ou em paredes estrategicamente escolhidas, para dar apenas um destaque em pontos do ambiente.

222732 - Ambiente

Já o rosa é feminino, inocente, leve; expande luz mudando o tom conforme o efeito óptico. Na decoração, é legal misturar vários tons de rosa – rosa claro, rosa bebê, rosa chiclete, rosa chá, pink… O rosa fica perfeito no quarto da menina – mas nem por isso precisa ficar infantil. Usando diversos elementos em tons diferentes de rosa, um papel de parede com rosa e azul, ou rosa e vermelho, por exemplo, fica feminino, mas bem contemporâneo.

- Marrom, Violeta, Azul e Verde

213822 ambiente

563958 + 826921 +130611

Marrom é um tom estável e fechado; bastante robusto, seco, sério, mas ao mesmo tempo tranquilo. Eu adoro e tenho algumas paredes nesse tom na minha casa. Tons quentes do marrom, que variam do claro ou médio, passam sensação de aconchego e conforto, porém, os tons escuros são adequados em pequenas quantidades, pois são pesados e passam a sensação de opressão. Já os tons de violeta são mais contemplativos e melancólicos, eu diria até que são meio mágicos… Uma cor bem profunda e intensa, que pode variar dos tons mais claros, como o lilás, até o violeta bem fechado, é ideal para lugares onde você quer mais tranquilidade, como aquele seu cantinho de meditação.

516866 + 511212 + 416412

ambiente 51133011

Já os azuis e verdes, que eu particularmente adoro, são cores bem gostosas. O azul traduz a paz, além de lembrar a água e o céu, o que traduz a constância, a racionalidade e a intelectualidade. O azul pode ser uma cor refrescante e envolvente, tanto quanto uma cor fechada e carregada, tudo depende de como o utilizamos! Se for usado na dose certa, vai compor um ambiente bastante convidativo.

E o verde traz satisfação, calma, harmonia, lembrando a natureza. Uma cor super vibrante e alegre, que agrada sempre. Fácil de ser usado na decoração, até porque a gente sempre tem uma planta que seja em casa, né?!?! Ligado à natureza, o verde acalma e é super moderno. São vários tons de verde – verde claro, verde bandeira, verde musgo, vede pistache, verde cítrico e independente do tom, sempre é uma boa opção na hora de revitalizar o espaço.

285850 - Ambiente

Cinza, Preto e Branco

122212 + 232412

Eu não poderia deixar de falar nessas cores super básicas também, né? Os tons de cinza são bastante frios, como o concreto e a pedra; quase inexpressivos, mas quando aparece na decoração com um toque metálico fica super elegante e sofisticado.

286130 - Ambiente

O preto é super transcendental, indo da tristeza ao sofisticado. Estático, impenetrável e secreto, fica ótimo na decoração de ambientes masculinos, como comentei no último post. Essa é uma cor indicada para objetos ou detalhes de acabamentos, pois diminui visualmente os espaços.

Shabby 295019 - ambiente

Já o branco expande o ambiente, pois é super claro, o que produz a sensação de limpeza e claridade e ao mesmo tempo frieza e esterilidade.

E na hora de pensar sobre os ambientes, lembre o que falei lá no começo – que você precisa pensar se quer ampliar e/ou diminuir os espaços… Em ambientes pequenos, o ideal é usar cores mais claras e aconchegantes, sempre levando em consideração o uso do local. Tons pastéis nas paredes, com o piso em tons mais escuros e o teto claro proporcionam sensação de pé direito mais alto. Para tornar o ambiente com sensação de maior profundidade, a sugestão é pintar as paredes laterais com um tons mais escuro que a parede do fundo.

E se a ideia for diminuir visualmente o ambiente, como em locais onde o pé direito é muito alto, a sugestão é usar um tom mais escuro no teto, pois passa a sensação de rebaixamento. O uso de cores mais escuras é indicado se a intenção é ter a sensação de redução dos espaços, porém, os móveis e objetos tem que ser em tons mais claros, para que o local não se torne sufocante e opressor.

Espero que tenha dados dicas preciosas pra vocês!

Beijinho,

Mari Mori.